Lessa quer esclarecimentos da Semop sobre pagamento de contas com dinheiro do contribuinte

lessa c1Em sessão no plenário da Câmara Municipal de Salvador, nesta terça-feira (08), o vereador Arnando Lessa (PT) desafiou a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP) a demonstrar publicamente quanto e onde gasta a verba destinada para a iluminação pública na capital baiana. Ele cobrou também informações sobre o destino do dinheiro arrecadado com a contribuição da iluminação pública. “Recebemos denúncias de que a secretaria está pagando a conta de luz de creches, de órgãos públicos e secretarias com o dinheiro da contribuição, o que é proibido”, destacou.

Recentemente, matéria divulgada na imprensa mostrou que o setor de iluminação pública é o que mais tem incomodado os cidadãos soteropolitanos. As reclamações são gerais, principalmente em relação à falta de manutenção, demora na troca de lâmpadas e ausência de novos postes, braçadeiras e pontos de iluminação.

Lessa, que já foi secretário municipal de Serviços Públicos entre os anos de 2005 e 2007, afirma que a área arrecada mais do que investe. “É um dos poucos setores da administração de Salvador que é superavitária. Nessa atual gestão, não conseguimos ver ações prioritárias, nem eficazes. E a área arrecada mais do que gasta”, disse.

Segundo o vereador, é necessário que a população tenha conhecimento dos gastos nessa área, dos investimentos que tem sido feito. Os recursos obtidos com a contribuição para a iluminação pública antes era vinculado à Diretoria de Serviço de Iluminação Pública. Agora, o valor arrecadado vai para o caixa geral. “O que não é o correto, pois esse recurso deveria ser utilizado com a área”, frisou Lessa.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM