Dilma deveria continuar no poder, diz jornal

dilma_vermelhoA presidente Dilma Rousseff deveria permanecer no cargo, apesar dos pedidos de impeachment, disse o jornal financeiro britânico Financial Times em editorial nesta segunda-feira (17). O texto, intitulado “O descontentamento crescente no Brasil com (Dilma) Rousseff”, diz que a presidente está em uma “posição precária” devido à economia e ao escândalo de corrupção alimentado pelas revelações da Operação Lava Jato, mas defende que ela termine seu mandato.

“A presidente deveria permanecer no cargo, apesar dos pedidos por impeachment”, diz o jornal. Segundo o texto, se Dilma for afastada, será provavelmente substituída por outro “político medíocre” que tentaria implementar as mesmas medidas de estabilidade econômica dela. O editorial desta segunda-feira mantém a linha de textos anteriores, como o de 23 de março último, em que afirmava que a crise no país “provavelmente piorará antes de melhorar”, sem, no entanto, pedir a cabeça da presidente.

A popularidade da presidente tem caído, influenciada pela economia e corrupção, e registrado níveis históricos, segundo institutos de pesquisa. Dilma diz que não renunciará e que cumprirá o mandato para o qual foi eleita democraticamente. O diário financeiro cita o “deplorável histórico econômico” da presidente, com a recessão que deve prosseguir até 2016, inflação e desemprego em alta, e investimentos e confiança do investidor em queda como motivos que levaram milhares de brasileiros às ruas em protestos no domingo.

Outro motivo, segundo o jornal, seria o escândalo de corrupção na Petrobras. Dezenas de empresários e políticos, a maioria da base aliada da presidente, são investigados pela Lava Jato, da Polícia Federal, sob suspeita de participação no esquema de desvio de verbas na estatal. “Ela pode ser culpada, pelo menos, de bruta incompetência”, diz o diário. (BBC Brasil)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM