Valmir repudia quadro do Pânico na Band que ridiculariza a cultura afro-brasileira

valmir_assuncaoO deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) repudiou, nesta terça-feira (11), o crime de racismo cometido pelo programa Pânico na Band, que foi ao ar na noite da segunda (10). De acordo com o parlamentar, o programa possui um personagem chamado “Africano”, interpretado por um humorista branco, que se “veste de negro” para ridicularizar a cultura afro-brasileira. “É inaceitável que após 127 anos da abolição ainda se tenha casos de racismo na mídia fantasiada de programa de auditório”, critica Valmir. Para Assunção, o racismo no país não é velado, e as instituições, cultura e programas de tevê expõem cada vez mais isso.

“O quadro com esse personagem é aterrorizante, o grau de ridicularização da negritude não deve passar despercebido. Vamos criticar esses casos para acabar com essa opressão secular. Seria interessante que a Bandeirantes punisse e tirasse esse quadro do ar o mais rápido possível. Expor a religião, discriminar os negros por residirem em favelas e ridicularizar suas condições de emprego e nível escolar são manifestações de racismo que precisamos combater diariamente no país”, completa. O personagem ‘Africano’, do Pânico na Band, é apresentando pelo ator Eduardo Sterblitch.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM