Kátia Alves lamenta falta de delegados plantonistas nas delegacias de atendimento à mulher

katia_alvesA vereadora Kátia Alves lamentou a falta de delegados plantonistas nas Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (DEAM), em visita realizada na última sexta-feira (26) às unidades de Periperi e Brotas. “Isso é um absurdo. Ao consultar as estatísticas, percebe-se que a maior parte dos crimes de violência contra as mulheres ocorre entre 18h e 4h da manhã, e, sobretudo, aos sábados, domingos e feriados. Vamos cobrar do governo o funcionamento 24 horas das DEAMs, com a presença de delegados”, afirmou.

Acompanhada dos membros da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara, Kátia Alves lembrou que, no período em que esteve à frente da secretaria de Segurança Pública, as delegacias contavam com o plantão. “Na minha época de secretária, as unidades funcionavam 24 horas e os profissionais eram escolhidos a dedo para atender às vítimas de violência, que chegam tão fragilizadas em busca de apoio”, disse a vereadora, ressaltando que o delegado é a única autoridade constituída a que a população tem acesso nesses casos.

Durante as visitas, Kátia Alves sugeriu às delegadas titulares de cada unidade a fazer um levantamento para traçar o perfil dos agressores e das vítimas de violência doméstica. “A partir dessas informações, nós, da comissão, poderemos ajudar a elaborar um programa de trabalho, além de leis e políticas públicas específicas, por grupo de mulheres e região da cidade”. A pesquisa, segundo Kátia Alves, permite ainda facilitar a busca de apoio das redes de acolhimento dos governos municipal, estadual e federal.

A vereadora também defendeu a importância de combater a violência contra a mulher através de ações preventivas. “O maior índice de ocorrências ainda corresponde à ameaça. E, muitas vezes, após um trabalho de sensibilização e conscientização do parceiro, ele não chega às vias de fato. Por isso, é melhor tentar reconstruir o vínculo do casal do que colocar o companheiro da mulher na cadeia”, destacou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM