Projeto incentiva método natural de combate à dengue

geraldinhDiante da grande proliferação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, em Salvador, o vereador Geraldo Júnior (SDD) apresentou na Câmara Municipal o projeto de Lei nº 161/15, que regulamenta a utilização de métodos naturais como reforço ao combate à dengue. A proposição incentiva o cultivo e o uso da citronela (cymbopogon winterianus) e da crotalária (crotalária juncea), plantas já utilizadas com essa finalidade em outros municípios, a exemplo de Dourados (MS) e Monte Aprazível (SP).

A ideia, segundo o vereador, é divulgar os benefícios do cultivo e a manipulação da planta nas residências, comércios, indústrias e em terrenos baldios. Mas, ressalta, a mobilização da campanha, que ficará a cargo da Secretária Municipal de Saúde, acontecerá concomitantemente às ações, visitas e mutirões de combate à dengue.

De acordo com o PL de Geraldo Júnior, ficará a cargo do poder público municipal a distribuição de sementes à população, assim como o plantio de mudas de citronela e de crotalária nas margens de rios, riachos, praças, canteiros de avenidas e demais áreas publicas.

“Devido aos crescentes casos de dengue em todo o município e região metropolitana de Salvador, torna-se necessário aumentar as medidas de combate ao mosquito da dengue”, observa o vereador, frisando que a mobilização nacional para o uso da crotalária e da citronela como agente natural no controle e combate ao mosquito da dengue não é novidade.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM