“Aécio é ridículo, perde eleição, não aceita até hoje a derrota e agora quer mandar no mundo”, diz deputado

zeca dirceuO grupo de senadores liderados pelo presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), retornou da Venezuela horas depois de desembarcar na capital, Caracas, onde pretendiam visitar presos políticos do país. Viajando a convite dos opositores do governo Nicolás Maduro e das esposas deles, os parlamentares justificaram a viagem como uma “missão política e diplomática”.

O motivo da volta antecipada da comitiva teria sido o bloqueio sofrido pelo ônibus que levava os senadores até o presídio. Sitiados por cerca de meia hora, os parlamentares brasileiros decidiram voltar ao aeroporto, após serem, segundo relatos publicados em suas redes sociais na internet, alvo de “apedrejamento”.

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR), criticou, em sua página no Twitter, a visita da oposição às custas do governo brasileiro. “Senadores brasileiros da oposição vão a Venezuela passear e fazer onda com dinheiro da população e se dão mal”, comentou. “Aécio é ridículo, perde eleição, não aceita até hoje a derrota e agora quer mandar no mundo, se acha o rei do mundo, ridículo é pouco”, criticou em seguida.

“Venezuela: Senadores usaram avião da FAB para fazer política. Se eles podem, eu também quero”, provocou o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC), também no Twitter. “Mensageiro da Paz? Porque o Aécio não vai “visitar” o Estado Islâmico?”, questionou.

As críticas de Sibá foram além. O petista classificou os senadores da oposição brasileira de “golpistas” que tentavam conversar com os “golpistas da Venezuela”. “Senadores Tucanos e Demos na Venezuela dizem que até agora o Maduro não os convidou para o almoço”, alfinetou.

Pelo Twitter, os senadores disseram ter imagens da suposta agressão que sofreram de 200 manifestantes pró-governo, que os obrigou a voltar para o aeroporto. O senador Ronaldo Caiado afirmou, também pela rede social, ter filmado o “apedrejamento” que fizeram contra o ônibus em que estavam. Porém, por conta do sinal de internet, não conseguiu enviar o vídeo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM