“PMDB está cansado de ser agredido pelo PT constantemente”, afirma EduardoCunha

eduardo_cunha_liderDurante o 5º Congresso Nacional do PT, que terminou neste sábado (13), em Salvador. Militantes gritaram palavras de ordem contra Cunha, apesar de o partido descartar um rompimento com o PMDB. No Twitter, Eduardo Cunha ironizou as críticas, dizendo que isso mostra que ele “está no caminho certo”. “Ficaria preocupado se fosse aplaudido lá”, completou o deputado.

Também por meio da rede social, Cunha afirmou que o “PMDB está cansado de ser agredido pelo PT constantemente” e que “essa aliança não se repetirá”. Sobre o PT descartar o rompimento da aliança, Cunha disse que seria melhor que “tivesse sido aprovado”, completando com: “não sei se num congresso do PMDB terão a mesma sorte”.

O fim da aliança com o partido do vice-presidente da República, Michel Temer, que estava na pauta dos congressistas do PT, foi rejeitado na resolução final. Lideranças petistas refutaram o rompimento com o partido em nome da “governabilidade”. “Não podemos levar o governo Dilma para o isolamento no Congresso”, destacou o líder do governo na Câmara, deputado federal José Guimaraes. Os delegados retiraram da versão referendada trecho que considerava como ‘esgotado’ o presidencialismo de coalizão e classificava o PMDB como ‘sabotador do governo’.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

FOLLOW @ INSTAGRAM