Biografias brasileiras não precisarão de autorização para serem publicadas

biografiasO Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou nesta quarta-feira (10) a não exigência de autorização prévia para a publicação de biografias. A ata final da sessão foi publicada nesta quinta-feira (11) pelo STF e deverá ser publicada no Diário de Justiça da União na próxima segunda-feira.

O resultado da votação foi unanime (nove a zero). Os ministros Cármem Lúcia, Luís Roberto Barroso, Rosa Maria Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski foram a favor da decisão e julgaram procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4815.

A exigência de autorização para a publicação de biografias brasileiras era considerada por muitos como um tipo de censura prévia caracterizando inconstitucionalidade. “Censura é forma de cala-boca”, afirmou a ministra Cármem Lúcia, relatora do caso.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM