Leo Prates critica aumentos na Coelba e Embasa

leoprates“No final de 2014, após ganhar as eleições e prometer, durante a campanha, que não haveria reajustes nas contas e impostos, o governo federal autorizou o primeiro grande aumento na conta de luz do brasileiro, com a instalação das bandeiras tarifárias”, frisou nesta segunda-feira (08) o vereador Leo Prates, líder do DEM e primeiro vice-líder da bancada do governo na Câmara Municipal de Salvador.

No dia 2 de março deste ano, com as bandeiras, frisa o vereador, a conta de luz na Bahia sofreu reajuste de 5,4%. No país inteiro, a média foi de 23,4%. “Não satisfeito, em abril o governo federal autorizou novo aumento. As residências sofreram aumento de 15% e a indústria 16,04%.

Agora em junho é a vez da Embasa. Mesmo com a constante falta de água na cidade, com a população ficando vários dias sem água, a concessionária, com autorização do Governo do Estado, pratica um aumento de 9,97%”, criticou Leo Prates.

 Segundo ele, está cada dia mais complicado gerir tantos aumentos em sequência, de serviços essenciais. “O aumento da água e da energia elétrica provoca um efeito cascata e outros serviços e produtos também sofrerão aumentos. Vai chegar um momento que o país vai ter que parar para fazer economia. E já estamos vendo esse movimento com as concessionárias fechando por um dia para reduzir os gastos com as contas de energia. Se as grandes empresas passam por isso, imagine a população”, explicou Prates

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM