Pesquisa mostra perfil dos profissionais de enfermagem na Bahia

enfermag_aladilceOs resultados de uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz, por iniciativa do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), foi apresentada na tarde da sexta-feira (29), no Centro Cultural da Câmara, em um encontro dedicado a profissionais de saúde. A pesquisa inédita mostrou dados nacionais e locais sobre a situação atual da enfermagem.

De acordo com o estudo, a enfermagem no Brasil é composta por 75% de técnicos e auxiliares de enfermagem e 25% de enfermeiros, 73% dos profissionais baianos estão na capital. A pesquisa ainda mostrou que há mais homens trabalhando na área, que os salários são baixos e há desgaste profissional e exploração.

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB), que também é enfermeira, falou que os resultados apresentados são impactantes. “É um convite à reflexão e união. Precisamos lutar para reverter essa realidade e para que a valorização corresponda ao serviço de saúde”, afirmou.

Segundo a presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA), Maria Luisa de Castro Almeida, a pesquisa servirá como uma ferramenta importante. “Essa pesquisa tem sido muito esperada, pois fortalecerá a luta da enfermagem brasileira. A ideia é multiplicar e levar os resultados para toda a Bahia”, declarou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM