Dilma é eleita a latino-americana mais poderosa do mundo

dilma_vermelhoA revista norte-americana “Forbes” elegeu a presidenta Dilma Rousseff a mulher latino-americana mais poderosa do mundo. O ranking divulgado nesta terça-feira (26) revela o nome das 100 mulheres mais poderosas do mundo, onde a chefe de Estado brasileira ocupa a 1ª posição na região da América Latina e o 7º lugar no planeta. Na sequencia das latino-americanas da lista, vem Cristina Kirchner, que ocupa a 16ª colocação, e a chilena Michelle Bachelet, a 27ª.

No mundo, a chanceler alemã Angela Merkel lidera pelo 5º ano consecutivo a lista das 100 mais poderosas do mundo. Para a Forbes, em 2016 a pré-candidata democrata à presidencia dos EUA Hillary Clinton tem grandes chances de ocupar o primeiro posto no próximo ano. Este ano ela está em 2º lugar. Quem mantém a 3º posição é a filantropa Melinda Gates. Michelle Obama também está na lista e registra a 10º colocação.

A revista avalia o poder de acordo com a riqueza, poder midiático, e esferas de influência. Na lista há mulheres que trabalham nas áreas de política, negócios, finanças, tecnologia, mídia, entretenimento, que atuam em instituições de caridade, além de bilionários. A lista inclui oito chefes de Estado e uma monarca, a britânica Rainha Elizabeth II, na 41º posição, à frente de países com um Produto Interno Bruto combinado de US$ 9,1 trilhões

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM