Enfermeira acusada de matar yorkshire em 2012 é condenada

justiçaUma enfermeira, moradora de Formosa (GO), acusada de matar um cão da raça yorkshire, em 2012, foi condenada a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais coletivos. O ato foi filmado e as imagens veiculadas na internet, o que causou uma grande comoção nacional. A quantia a ser paga pela ré será destinada ao Fundo Municipal do Meio Ambiente e está sujeita a correção monetária e juros. A decisão partiu da juíza Marina Cardoso Buchdid, da 2ª Vara Cível, das Fazendas Públicas e de Registros Públicos de Formosa.

As ações foram praticadas em frente a filha da agressora, que, na época, tinha 1 ano e meio. Por isso, a promotora decidiu acolher o pedido feito pelo Ministério Público, em 2012, para que a agressora pagasse indenização por danos morais coletivos. A enfermeira respondeu ainda a uma ação penal pelo crime, na qual foi condenada à prestação de serviços à comunidade e ao pagamento de multa de R$ 2,8 mil.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM