Salvador: projeto de lei prevê atendimento presencial ao consumidor

telerritaA fim de facilitar a vida dos cidadãos cansados com a perda de tempo e do estresse causado durante os atendimentos de call centers para serviços de telefonia, TV por assinatura e cartões de crédito, o vereador Everaldo Augusto (PCdoB) deu entrada no Projeto de Lei nº 64/2015 que, se aprovado, vai obrigar estas empresas – que estão entre os setores mais reclamados no Banco Central em todo o país – , a oferecem atendimento presencial para todas as demandas da clientela em Salvador.

A medida prevê pagamento de multas em caso de descumprimento, cujo valor será utilizado pelo Tesouro para uso em campanhas de natureza social. Everaldo Augusto é presidente da Comissão dos Direitos do Cidadão e entende que o contato impessoal e a ineficiência dos atendimentos causam prejuízos aos consumidores.

As empresas de telefonia fixa e móvel são as campeãs de reclamação no Brasil, segundo balanço realizado pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, ao qual os Procons de todo o país estão integrados.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM