Ataques a Lula beiram o preconceito, diz petista

PT amareloO senador Jorge Viana (PT-AC) criticou duramente, em discurso na tribuna, nesta terça-feira (5), os recentes ataques da revista “Época” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Não é justo que transformem as qualidades do presidente Lula em defeitos! Isso tem que ter fim. Não é possível! Isso beira o preconceito!”, declarou.

Para Viana, o ex-presidente Lula sofre resistência daqueles que “não aceitam que um operário retirante, pau de arara, passando miséria no Nordeste, tenha virado um dos maiores líderes do País”. O petista disse ainda que é perigosa a estratégia de parte da imprensa de transformar suspeitas em julgamentos e condenações prévias. Para ele, as acusações contra o ex-presidente são reflexo do “complexo de vira-lata” da elite conservadora brasileira.

“Será que é justo agora querer acusar o presidente Lula de lobista? O que o presidente Lula tem feito? Palestras, como sempre fez o grande presidente Fernando Henrique Cardoso, convidado para dar palestra no mundo inteiro. Ganham muito dinheiro com isso! São bem pagos, como é Bill Clinton”, argumentou.

Viana classificou a reportagem, publicada no sábado (2), de “chocha e mal feita”, que tinha o intuito de “destruir” a biografia de Lula. “O Brasil tem um pouco desse complexo, fez isso com Getúlio Vargas, levou-o ao suicídio; fez isso com Juscelino Kubitschek, e tenta fazer com Lula. Só que os tempos são outros, estamos vivendo plena democracia”, declarou.

O senador disse ainda que, apesar dos erros cometidos pelo PT e por outros partidos nos últimos anos, não é admissível tentar macular a história do ex-presidente Lula. “Uma biografia que o Brasil haverá de reconhecer no futuro, mas precisa, com honestidade, reconhecer no presente”, disse.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM