Tucano critica BetoRicha, mas depois apaga nota

psdbO presidente do PSDB no Paraná e deputado federal, Valdir Rossoni, criticou, em nota divulgada pelo Facebook no domingo (3), a ação desastrosa da Polícia Militar contra professores em greve, na última quarta-feira (29). No entanto, menos de 24h após as críticas à ação do governo de Beto Richa, Rossoni deletou a nota da rede social.

Aliado do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), o parlamentar tucano pedia que os “responsáveis pelas atitudes desmedidas, pelos desmandos, pelos exageros” fossem exonerados ou que pedissem para sair.

“A ação da policia foi desproporcional e desnecessária. Mas sei que se a tropa agiu daquela maneira, foi por ordem do comando. Não era o caso de se fazer uso de balas de borracha, cães, etc”, disse Rossoni.

“Sim, houve excessos por parte do comando da Segurança”, reforçou. O secretário de Segurança do Estado é Fernando Francischini, deputado federal licenciado e delegado da Polícia Federal.

Ao todo, mais de 200 pessoas ficaram feridas em decorrência da ação policial no Centro Cívico da capital paranaense, sendo 15 em estado grave, segundo informações da Prefeitura.

A atuação desastrosa da polícia do Paraná aconteceu enquanto os servidores protestavam contra a votação do projeto de lei 252/2015, de Beto Richa. O texto, aprovado em meio ao massacre, autoriza o governo estadual a mexer no fundo de previdência dos servidores públicos do estado, a ParanáPrevidência.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM