Salvador: projeto social qualifica e insere jovens e adultos no mercado de trabalho

pspf_bairro_pazUm assunto constante que ainda é um dos entraves na contratação de mão de obra em Salvador é a falta de qualificação dos candidatos aos postos de trabalho. Um dos motivos está relacionado a escassez na qualificação profissional que é a base para o desenvolvimento de atividades e o crescimento econômico de uma região.

O Projeto Formação Profissional Salvador – FPSSA, executado através de uma parceria entre o Istituto Oikos (ONG italiana) e a Cooperativa Mista Colibris, com o financiamento da União Europeia, enfrentou este desafio. Atuando nos bairros da periferia norte de Salvador, o FPSSA vem ao longo de dois anos desenvolvendo iniciativas de capacitação técnica, como curso de culinária, atendimento ao cliente, recepcionista, língua estrangeira, corte e costura, entre outros.

Estas capacitações desenvolvem também temas cívicos e sociais para conscientização da cidadania. Entre 2013 e 2014, o projeto FPSSA qualificou 420 beneficiários. Neste ano estão sendo implementadas estratégias para inclusão profissional, promovendo articulação com instituições públicas, entidades particulares e da sociedade civil para proporcionar oportunidades de trabalho, emprego e renda à jovens e mulheres capacitados.

A meta do FPSSA é audaciosa: inserir 250 jovens e mulheres no mercado de trabalho até o final de 2015. O resultado alcançado até este momento é de 108 beneficiários introduzidos no mercado formal e informal, nos ramos de culinária, hotelaria, indústria, recepcionista, comércio. “Só esta semana, recebemos 30 vagas de um grande grupo varejista do segmento de supermercados”, destacou o responsável pelo setor de inserção profissional do FPSSA, Evanildo Duarte, ao salientar que “mesmo com as dificuldades impostas pela austeridade financeira que estimulou o aumento do desemprego, cada um pode fazer a sua parte e, seguramente, os resultados surgirão de forma mais eficiente e sustentável”. Mais informações acesse www.projetofpssa.org.br ou ligue para 3367-1399.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM