Lula: lutar contra a lei da terceirização é questão de honra

lula_dilmaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quarta-feira (14), ser uma “questão de honra” não deixar aprovar a o Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização. A declaração foi feita durante a abertura do 9º Congresso Nacional dos Metalúrgicos da CUT, em Guarulhos (SP).

Presidente de honra da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), Lula disse que o projeto é uma forma de escravizar a mão de obra brasileira. Ele pediu que os sindicalistas não deixem de lutar pelos direitos dos trabalhadores, conquistados com muita luta nos últimos anos.

“Não podemos permitir que a infâmia, o mau-caratismo e a má fé de algumas pessoas destrua o que nós construímos a duras penas nesse país”, declarou o ex-presidente. Para ele, esse é o momento de “levantar a cabeça outra vez” para defender os trabalhadores, mesmo que seja necessário fazer críticas ao governo.

“Temos que conversar e mostrar o que significa a aprovação dessa lei”, defendeu. Segundo Lula, o diálogo entre os vários setores da sociedade, formalizado durante seu governo e perpetuado no governo da presidenta Dilma Rousseff, deve prevalecer.

“O grande legado que deixei foi essa relação que se estabeleceu com a sociedade brasileira”, afirmou. Lula pediu também que as centrais sindicais e os movimentos sociais defendam a presidenta Dilma e as conquistas dos governos do PT. “Deixem gritar ‘Fora Dilma’; quem tem que gritar ‘dentro’ é o nosso pessoal”, declarou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM