Lessa cobra revitalização de fontes e bicas de Salvador

lessa c1O vereador Arnando Lessa (PT) se solidariza com a população que está sem abastecimento de água em suas residências por conta do rompimento da adutora da Embasa na BR-324, na última quinta-feira (01), e aponta que desde então a população tem vivido um momento atípico, precisando recorrer a fontes e bicas espalhadas pelos bairros da capital baiana.  “Vejo que a Embasa e a CCR tem trabalhado arduamente para o conserto do problema, no entanto, essa situação revelou outro problema: a situação degradante das fontes e bicas de Salvador, utilizadas inadequadamente e bastante poluídas, mesmo tendo grande utilidade para a população”, declarou o vereador.

Por conta disso, o vereador lançará uma campanha de revitalização das fontes e bicas de Salvador parar cobrar maior manutenção desses espaços históricos, que demonstraram ter grande serventia nesse momento de não abastecimento de água em 60% da capital, e que merecem cuidado por parte do poder público. De acordo com o livro “O caminho das águas em Salvador”, resultado de uma do Centro Interdisciplinar de Desenvolvimento e Gestão Social, da Escola de Administração (Ciags-Ufba), apenas três das 41 fontes (minas d’água) da cidade possuem nível adequado para beber.

O restante, conforme aponta Lessa e pode ser confirmado pela pesquisa, encontra-se em estado de depreciação. “Além de fazerem parte da história da cidade, possuindo, algumas, belas arquiteturas, tem uma utilidade muito grande e encontram-se poluídas. Vamos pedir um novo levantamento à prefeitura para saber em que situação se encontra estas fontes. Elas têm servido como depósito de lixo e sanitário público”, afirmou Lessa.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM