Ministro quer aproximar Educação e Cultura

educacaoNovo ministro da Educação, Renato Janine, pretende aproximar a educação brasileira do ambiente cultural. A intenção foi anunciada durante entrevista ao programa “Observatório da Imprensa”, da TV Brasil, exibido na terça-feira (31/03).

Professor titular de ética e filosofia política da Universidade de São Paulo (USP), o ministro disse que a educação não pode ser encarada como mera transmissão de conhecimento. “Acredito na educação como libertação. Saber não é uma transmissão de conteúdos, não é uma padronização. Penso que um dos pontos importantes é como a gente aproxima isso do mundo da cultura”, avaliou.

O novo ministro, que será empossado nesta segunda-feira (06), defende o uso de elementos culturais complementares, como filmes, peças teatrais e a literatura, no ensino regular das escolas. Para Janine, o aprender tem se tornado mais uma obrigação e menos um prazer. “Conhecer é prazeroso. Por que a gente deixou, ao longo dos séculos, que conhecer se tornasse uma corveia (exigência), uma obrigação, e não um prazer? Dá para a gente puxar mais para esse lado na educação”, ponderou Janine.

Para Janine, os professores precisam se adaptar as novas fontes de informação e conhecimento a que os estudantes hoje tem acesso. “Hoje, qualquer aluno pode procurar na internet o que ele quer, e isso é às vezes uma fonte de estresse para o professor, porque o aluno, por um detalhezinho, pode achar que conhece mais do que ele”, explicou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM