Embalagens de lata lideram acidentes de consumo no Brasil, informa Inmetro

lataAcidentes com embalagens de lata lideram as estatísticas de produtos e serviços que oferecem mais risco à saúde e à segurança dos consumidores, com 14,6% dos registros. O dado consta de pesquisa nacional sobre o perfil dos acidentes de consumo no Brasil, coordenada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), em janeiro deste ano.

Os resultados foram divulgados nesta terça-feira (31) e refletem os números do Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidente de Consumo (Sinmac), reunidos a partir de relatos dos próprios consumidores.

Em segundo lugar entre os casos mais frequentes de acidentes com produtos, aparecem fogões, com índice de 11,5%, e escadas domésticas (3,8%). Quando classificados por grupos de produtos, os eletrodomésticos lideram o ranking dos produtos que oferecem maior risco à saúde e à segurança do consumidor, com 23,8%, seguidos de embalagem (19,2%) e utensílios domésticos (13,1%).

De acordo com a pesquisa, 27,7% do total de acidentes registrados levaram as vítimas a procurar atendimento médico. As principais lesões relatadas foram cortes (33,5%) e queimaduras (19,6%). Isso significa dinheiro público. Nos Estados Unidos, são gastos por ano cerca de US$ 1 trilhão com o atendimento a vítimas de acidentes de consumo. No Brasil, os consumidores não têm hábito de fazer registros ou reclamações a respeito. As denúncias podem ser feitas no site www.inmetro.gov.br/sinmac.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM