Descaso com a Salvamar é tema de audiência pública na CMS

salva_04-e1417098119488A Câmara Municipal de Salvador promove, nesta quinta-feira (26), às 14h, no Centro de Cultura da Casa, audiência pública para discutir o estado de precariedade a que estão expostos os profissionais da Salvamar. O evento, requerido pelo vereador Everaldo Augusto (PCdoB), vai reunir representantes do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), da Associação Baiana de Salvamento (Abasa) e autoridades políticas.

O vereador Everaldo Augusto desde 2014 pede providências à Prefeitura e chegou a entrar com um pedido de Representação junto ao Ministério Público (MP) para denunciar as más condições do serviço de salvamento. “A Prefeitura não está dando a devida assistência à segurança das pessoas que vão às praias muito menos às crianças especiais que usam a atividade física. Trata-se de um prejuízo social muito grande. Além disso, por mais que os profissionais sejam capacitados e experientes, sem equipamentos de segurança a qualidade do trabalho fica prejudicada, e, em se tratando de vidas, todo o cuidado é pouco”, frisou Everaldo.

Segundo o presidente da Abasa, Pedro Barreto, a situação é de descaso, abandono e falta de compromisso, e está gerando riscos aos salva-vidas e à população. Ainda de acordo com Barreto, não há equipamentos de salvamento como botes e boias salva-vidas; os mirantes não oferecem proteção para chuva e sol; a pintura da sede é realizada através de mutirões e a piscina está sem manutenção há mais de 2anos, com azulejos soltos e rachaduras nas paredes. Essa situação está inviabilizando os treinamentos e projetos sociais que funcionavam no local com atendimento a 80 crianças, algumas com necessidades especiais.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM