Corte de gastos é resultado da “incapacidade de gerenciamento” do governo, afirma tucanos

psdbO novo aperto nos gastos promovido pelo governo federal limita as despesas de janeiro a abril ao valor de R$ 75 bilhões. As medidas incluem a suspensão do programa Minha Casa Melhor, o corte de 64,6% das bolsas previstas no programa Jovens Talentos para Ciência, o aumento das tarifas de energia, entre outras. Para os deputados do PSDB, as ações são resultado da “incapacidade de gerenciamento” do governo. As informações são do levantamento feito pelo jornal O Globo desta terça-feira (03).

O deputado federal Miguel Haddad (PSDB-SP) disse que a série de cortes de despesas em tão pouco tempo “sacrificam o brasileiro”, principalmente a população de baixa renda. “Em vez de diminuir o número de ministérios e o déficit público, eles tiram recursos de áreas importantes. É um problema que já vem desde a época do Lula e agora se agrava”, concluiu.

O tucano ressaltou também a contradição entre o que Dilma dizia na campanha e o que vem sendo feito pelo PT. “Não dá para confiar neste governo. É lamentável o sucateamento da indústria, a falta de investimento na educação. Precisamos de uma gestão de melhor qualidade, que defina as prioridades sabiamente, ao contrário do que vem fazendo o PT”, afirmou.

O levantamento lembrou ainda que duas medidas provisórias dificultam o acesso ao seguro-desemprego, ao abono salarial, à pensão por morte, ao auxílio-doença e ao seguro-defeso pago aos pescadores no período de proibição de sua atividade. O deputado federal Marco Tebaldi (PSDB-SC) vê o cenário como reflexo de um governo “falastrão, mentiroso e mal intencionado”. “Depois de cortarem o Fies, como a presidente ainda tem coragem de dizer que o Brasil é Pátria Educadora? Este governo é uma afronta a todos os brasileiros”, destacou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM