Tinoco denuncia corte de verbas estaduais a entidades carnavalescas

tinocoprO vereador Claudio Tinoco (DEM) denunciou, na tarde desta quinta-feira (22), o corte de verbas estaduais para patrocínio e incentivo a entidades carnavalescas e projetos especiais tradicionais. “Fui procurado por representantes de diversas entidades que tiveram redução dos repasses ou pedidos negados pela Secretaria Estadual de Cultura”.

 De acordo com o vice-presidente da Comissão Especial do Carnaval na de Câmara Municipal de Salvador, a justificativa apresentada é a falta de documentos ou restrição orçamentária. “Exigimos uma explicação convincente do governo do Estado. Perece-me excesso burocrático, pois entidades que, por ventura, estavam com documentação incompleta poderiam ter seus prazos prorrogados para sanear tais pendências. Afinal, essas entidades não têm caráter empresarial e profissional. Não quero acreditar que na Secult esteja havendo discriminação, por exemplo, ao Festival Palco do Rock, que ocorre há mais de 20 anos e é um dos espaços alternativos mais importantes no Carnaval de Salvador, com público fiel, atraindo bandas nacionais e internacionais para a Bahia”, ressalta.

 Segundo Tinoco, a Prefeitura já garantiu, como todos os últimos anos, a infraestrutura de palco, camarim, sonorização e iluminação para a realização do Festival Palco do Rock. “No momento em que a Prefeitura isenta e reduz taxas e impostos das entidades, como medida de mitigação da crise econômica que vivemos, não podemos aceitar que o governo do Estado corte verbas e comprometa a maior festa de rua do planeta. Acredito na sensibilidade do novo secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, e na revisão de tais decisões pelo governador Rui Costa”, completa o democrata.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM