Gilmar Santiago critica o programa "Ouvindo Nosso Bairro"

gilmarsantiDepois de acompanhar reuniões em Cosme de Farias, Vale do Matatu, Luís Anselmo, São Marcos, Pau da Lima e Sete de Abril, dentre outras localidades, o vereador Gilmar Santiago (PT), líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, concluiu que “o programa ‘Ouvindo Nosso Bairro’ é uma tentativa de descaracterizar o sentimento geral de autoritarismo em relação à administração municipal”.

“Essas reuniões são um mecanismo precário de participação popular. Tudo é preparado no sentido de fazer propaganda do prefeito e prometer obras para os bairros. No final das contas é a prefeitura que decide o que será feito”, analisa Gilmar. Segundo ele, o programa da prefeitura difere totalmente da ideia do orçamento participativo criado pelo PT, no qual a população define as prioridades.

“Qual a relação deste programa com o orçamento do município? Não são discutidos temas de grande importância, como trânsito, creches e atenção básica à saúde”, questiona Gilmar. Ele afirma que Imbassahy prometeu democratizar a gestão e não cumpriu, que João Henrique ignorou o orçamento participativo, segundo o vereador uma contribuição do PT, por intermédio de Marta Rodrigues e Edson Valadares, que fez audiências públicas em toda a cidade, e que agora ACM Neto promove um “arremedo de democracia”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM