Ministro promete transposição do Rio São Francisco para 2016

seráCom seis anos de atraso, as obras da transposição do Rio São Francisco finalmente serão concluídas e entregues no primeiro semestre de 2016. A nova promessa é do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi. Até junho do próximo ano, disse Occhi em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, 100% dos dois canais da transposição estarão concluídos, levando água para regiões do sertão e do agreste de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

“As obras estão caminhando regularmente. Estamos com 11 mil homens trabalhando e com 70% das obras concluídas. A expectativa é ter tudo pronto no primeiro semestre de 2016”, afirma Occhi. Nem a crise das empreiteiras detonada pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, garante o ministro, afetou até aqui as obras da transposição.

“As obras estão caminhando regularmente. Fizemos pagamentos recentemente às construtoras. Todas as empresas que estão na transposição estão operando regularmente e não há nenhuma sinalização contrária a essa situação.” Ex-ministro das Cidades até dezembro, Occhi disse que ainda não há previsão para expandir a transposição do São Francisco em dois novos eixos, como chegou a prever seu antecessor na Integração, Francisco Teixeira.

Hoje, a transposição tem dois eixos: Norte, um canal de 402 quilômetros; e Leste, de 220 quilômetros. Previa-se para inclusão no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 3) duas novas extensões: o Eixo Sul, rumo à Bahia, e o Eixo Oeste, em direção ao Piauí. Na prática, são projetos sem data para sair do papel.

“Esses projetos ainda estão em uma etapa muito incipiente, de estudos iniciais. Nosso foco hoje é concluir as obras iniciadas. É preciso lembrar que, além da transposição, temos outras obras que estão em andamento na Região Nordeste”, defende Gilberto Occhi. (Com informações do Estadão)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM