Peemedebista diz que PT promove “filme de terror”

jarbas_vasconcelosEx-governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) fez nesta segunda-feira (1º) seu discurso de despedida do Senado depois de oito anos de mandato. Eleito para assumir uma cadeira na Câmara nos próximos quatro anos, Jarbas fez ataques ao governo Dilma Rousseff e prometeu manter sua postura oposicionista em seu novo mandato -apesar de ser membro de um partido aliado de Dilma.

O peemedebista disse que os governos do PT “deixaram de lado a ética” e promoveram sucessivos escândalos de corrupção no país, como o mensalão e o caso Petrobras. “O cenário atual está mais para um filme de terror, daquele no qual o monstro mata todos os mocinhos. E o filme ganha uma, duas, três sequências”, disse.

Jarbas afirmou que o cenário de crise econômica “sem precedentes” não vai permitir o país avançar. Ao criticar os brasileiros que votaram em Dilma, o senador disse que eles escolheram a petista “olhando para trás”, uma vez que o novo governo não terá “condições de implantar as mudanças que o Brasil precisa”.

Apesar do discurso de despedida nesta segunda, Jarbas tem mandato no Senado até o dia 31 de janeiro. O Congresso entra em recesso no dia 22 de dezembro e só retoma oficialmente suas atividades no dia 1º de fevereiro.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM