Plano de Carreira dos professores de Salvador ainda não foi votado na CMS

cms_prPor falta de acordo entre as bancadas do governo e da oposição, a votação dos cinco vetos do prefeito ACM Neto a projetos de iniciativa de vereadores, que estão obstruindo a Ordem do Dia da Câmara Municipal, foi adiada para a sessão ordinária desta quarta-feira (26). Com isso, o Plano de Carreira dos Professores Municipais também deixou de ser votado, devendo entrar na pauta de amanhã.

Dezenas de professores, em greve por 72 horas para pressionar pela aprovação do Plano, acompanharam a sessão das galerias. Eles prometeram retornar até que o projeto seja aprovado. Agentes comunitários de saúde e de endemias, assim como agentes da Transalvador, também apelaram aos vereadores pela aprovação de projetos do interesse das categorias.

O líder da bancada da oposição, vereador Gilmar Santiago (PT), fez um apelo à bancada do governo para que os projetos que beneficiam os trabalhadores sejam logo aprovados, o que depende da desobstrução da pauta.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM