Suíca diz que ACM Neto regularizou o calote em Salvador ao vetar projeto

suica_plenárioO vereador Luiz Carlos Suíca (PT) lamentou a manutenção do veto 09/2014 por 27 votos a favor e apenas 13 contra na tarde desta segunda-feira (24), na Câmara Municipal de Salvador. O veto se refere ao projeto 04/2014 intitulado de Anticalote onde prevê mecanismos de controle do patrimônio público dispondo sobre provisões de encargos trabalhistas a serem pagos às empresas prestadoras de serviços de forma continua, no âmbito dos poderes deste município.

Suíca disse que o Prefeito não entendeu o objetivo do projeto que é não somente proteger o trabalhador, mas também o poder público evitando que empresas quebrem e o poder tenha que arcar com todos os direitos. “Na Assembleia esse mesmo projeto foi aprovado por unanimidade e agora está em fase de regulamentação. Tenho certeza que a Comissão de Constituição e Justiça não encontrou nenhuma irregularidade. Este projeto protege o erário público”, disse o edil que completou afirmando que o veto ao projeto regulariza o calote ao município.

Em apoio, os companheiros de bancada Moisés Rocha e Everaldo Augusto o parabenizaram e disseram que Suíca propôs algo importante para a cidade. “Este projeto antecipa o prejuízo que a prefeitura pode ter e evita manifestações posteriores”, informou Moisés Rocha. Já Everaldo Augusto pontuou que o projeto tem coerência com a trajetória social do colega e pode dar um freio nessa trajetória de terceirização exagerada.

Nesta tarde também foram votados os vetos aos projetos da criação do Conselho da Juventude de iniciativa do vereador Henrique Carballal e o Dia da Saúde do Homem proposto pela vereadora Fabíola Mansur.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM