Bancada governista garante vetos do prefeito na Câmara Municipal de Salvador

cms_prQuatro dos nove vetos do prefeito ACM Neto a projetos de iniciativa de vereadores, que estavam sobrestando a pauta da Ordem do Dia da Câmara Municipal de Salvador, foram aprovados na sessão ordinária desta segunda-feira (24). A expectativa é que os demais sejam apreciados na sessão de hoje para desobstruir a pauta e permitir a votação da revisão do Plano de Carreira dos Professores do Município.

O primeiro veto apreciado foi ao Projeto de Lei nº 202/2013, de autoria do vereador Luiz Carlos (PRB), que dispõe sobre a inclusão no calendário oficial da cidade da caminhada pelo aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), mantido contra os votos de 13 vereadores.

De iniciativa da vereadora Fabíola Mansur (PSB), o Projeto de Lei nº 265/2013, que institui a Política Municipal de Atenção Integral à Saúde da População Masculina, foi vetado com 15 votos contrários.

O projeto nº 04/2014, de Luiz Carlos Suíca (PT), que institui mecanismo de controle do Patrimônio Público do Município de Salvador, dispondo sobre provisões de encargos trabalhistas a serem pagos às empresas contratadas para prestar serviços de forma contínua, no âmbito dos poderes públicos do Município, também foi vetado. Treze vereadores votaram contra.

Foi mantido também o veto ao Projeto de Lei nº 103/2009, de Henrique Carballal (PT), que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal da Juventude, com 18 votos contrários.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM