Transalvador inicia campanha de combate ao transporte escolar clandestino

van_escolaO vereador Euvaldo Jorge (PP), presidente da Comissão de Trânsito, Transportes e Serviços Municipais da Câmara, comemorou mais uma conquista da população, obtida através da sua atuação como parlamentar. Na quarta-feira (19), a prefeitura de Salvador iniciou a campanha “Quer o melhor para o seu filho? A Transalvador também”, voltada para pais de alunos que utilizam transporte escolar. O objetivo é garantir a segurança das crianças que são transportadas diariamente, bem como desarticular quem atua no ramo de forma clandestina.

A medida atende ao Projeto de Lei nº 242/14, de autoria do vereador do vereador Euvaldo Jorge, que indicou ao prefeito ACM Neto a realização de campanhas educativas permanentes voltadas para a conscientização de escolas, pais e responsáveis relativa à contratação e uso do serviço legalizado, além de estimular que os condutores irregulares se adequassem à legislação. Na fase inicial, 24 escolas serão trabalhadas e a primeira instituição visitada foi o Colégio Antônio Vieira, no Garcia.

“Estou muito feliz por estar beneficiando inúmeras famílias com a aprovação e concretização de projetos de lei apresentados em nosso mandato, que saem do papel e tornam-se realidade interferindo positivamente no dia a dia das pessoas, garantindo mais segurança e prestação de serviços de qualidade. Este foi mais um dentre os muitos projetos que tenho apresentado na Câmara”, comemorou o vereador Euvaldo Jorge.

Em agosto passado, segundo o vereador Euvaldo Jorge, ele procurado por representantes do Sindicato dos Transportadores Escolares e Turísticos do Estado da Bahia para debater os efeitos da lei sancionada pelo prefeito ACM Neto, então projeto de sua autoria, que torna obrigatória a instalação de equipamentos GPS nos veículos de transporte escolar.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM