Para Valadares o nome agora é o que menos importa para 2016

Edson ValadaresÉ natural que com o fim das eleições deste ano comecem logo a discutir como serão as eleições de 2016. “Apesar da legitimidade de todos os pretendentes que colocam seus nomes para a avaliação do Diretório Municipal, instância que terá a prerrogativa legal de conduzir este processo, o debate agora é secundário. Não existem critérios que possam habilitar ou não uma ou outra candidatura, a não ser o de estar quite com as suas obrigações de filiado, a exemplo da contribuição financeira, como determina o estatuto do partido. Existem outras tarefas que se colocam como prioritárias para o próximo período e o nome agora é o que menos importa”, afirma Edson Valadares, presidente do PT em Salvador.

O PT manterá seu posicionamento de oposição à atual administração municipal por divergências com o modelo de gestão proposto para a cidade e que não representa os interesses da maioria da população. “A eleição deste ano mostrou que os soteropolitanos querem outro caminho para 2016. Portanto, nossos desafios imediatos são os de consolidar a aliança das forças progressistas na sociedade e na Câmara de Vereadores e o de construir um projeto alternativo de cidade que promova o desenvolvimento com inclusão social, impulsione a geração de emprego e renda e assegure a melhoria da qualidade de vida no ambiente urbano de Salvador. Só depois o partido deverá abrir os debates para as pré-candidaturas”, defende Valadares.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM