Leo Prates defende assentos preferenciais para obesos

ReproduçãoO vereador Leo Prates, líder do DEM e vice-líder do Governo na Câmara apresentou o Projeto de Lei Nº 891/2013 que altera dispositivos da Lei n° 4.068, de 19 de dezembro de 1989, sobre destinação preferencial de lugares nos ônibus, que atualmente se propõe especificamente para mulheres em estado de gravidez, deficientes e idosos. O projeto estabelece que os obesos também serão incluídos nos assentos preferenciais nos ônibus.

O vereador porém, ressalta que não haverá diminuição dos assentos sem marcação para outros usuários. “Os obesos que precisam do transporte público em Salvador sentem dificuldades principalmente no que diz respeito à roleta e aos assentos. A ideia de manter assentos apropriados aos obesos poderá ser estendida em breve, a outros equipamentos como cinemas, lanchonetes e restaurantes”, afirmou Leo Prates.

Segundo a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2012), do Ministério da Saúde, mostra que 51% da população acima de 18 anos está acima do peso ideal. Este dado é crescente, pois em 2006 o percentual era de 43%. Homens são maioria, 54%. Nas mulheres, o índice chega a 48%, o que é um dado alarmante. De acordo com o vereador, esta medida já é adotada em outras cidades, como o Rio de Janeiro.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM