Polícia divulga foto de suspeito de atirar rojão que matou cinegrafista

DivulgaçãoA Polícia Civil informou, na manhã desta terça-feira (11), que equipes da 17ª DP (São Cristóvão) realizam diligências, nesta manhã, em vários pontos do Rio de Janeiro para cumprir mandado de prisão contra o acusado de lançar o rojão que matou o cinegrafista da “Band” Santiago Andrade, 49, durante um protesto no centro da cidade na última quinta-feira (6). O nome do suspeito é Caio Silva de Souza.

Após quatro dias internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo), Santiago teve morte encefálica na manhã desta segunda-feira (10), no Hospital Souza Aguiar, no centro do Rio. Mesmo após a neurocirurgia para estancar o sangramento e estabilizar a pressão intracraniana, Andrade ficou com mais de 90% do cérebro sem irrigação sanguínea. A mulher dele, Arlita, esteve no hospital durante todo o dia, mas não falou com a imprensa.

Na tarde de segunda-feira, a família doou os órgãos, conforme pedido prévio do cinegrafista. Ainda não há informações sobre velório, e a família informou que Andrade será cremado. (Uol)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM