Servidores denunciam trabalho insalubre em posto de saúde em Itabuna

baldoino_itabunaA diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv),  visitou na última segunda-feira (03) a unidade de saúde Baldoíno Azevedo, no bairro de Fátima.

Segundo a presidente da entidade, Wilmaci Oliveira, no local existe uma série de irregularidades que prejudicam a saúde dos trabalhadores e até mesmo o funcionamento do posto. “Os servidores estão trabalhando num ambiente completamente insalubre”, afirmou Wilmaci.

O mofo, a falta de água e ausência de climatização adequada estão comprometendo o adequado armazenamento dos medicamentos e o funcionamento da sala de vacinas, que no momento está fechada, sem funcionamento.

Há mais de um mês o posto não conta com abastecimento de água regular. Setores como a sala do médico, sala das enfermeiras, sala de vacina e cozinha estão sem água, o que afeta diretamente o atendimento aos pacientes e torna impraticável a manutenção do posto. Além da falta de água para limpeza diária e higiene pessoal, não há água para beber, o que obriga os trabalhadores a comprar sua própria água. “Um posto de saúde onde não se pode lavar as mãos! Como uma unidade de saúde pode funcionar nestas condições?”, questiona a dirigente sindical.

A farmácia e a sala de vacinas também inspiram muitos cuidados. Ambas as salas estão com mofo e infiltrações nas paredes, prejudicando o armazenamento dos medicamentos. Devido à falta de climatização adequada (o ar condicionado está quebrado), a sala de vacinas se encontra fechada. Para fechar a conta, o posto também não dispõe de material de limpeza ou tinta para impressora.

Diante do quadro preocupante, o Sindserv apresentará tais denúncias ao prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, para que tais problemas sejam resolvidos o mais rápido possível. As irregularidades também serão levadas ao conhecimento do Ministério Público do Trabalho. “Caso a prefeitura não resolva estas questões imediatamente, o Sindserv realizará manifestações em todas as unidades de saúde da cidade a fim de garantirmos a integridade dos servidores e servidoras”, avisou Wilmaci. (Com informações de Sindserv Itabuna)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM