Superfaturamento em Lauro de Freitas: Promotoras de Justiça analisam denúncia de vereadora

lfreitas_mirelaApós denunciar através de um relatório indícios de irregularidades e superfaturamento na Câmara Municipal de Lauro de Freitas, a vereadora Mirela Macedo (PSD) esteve no Ministério Público nesta segunda-feira (03) para acompanhar o caso.

De acordo com Mirela, as promotoras da 5ª Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa com atribuições em Lauro de Freitas, Patrícia Peixoto Mattos e Nazira Albuquerque Quixadá, estão responsáveis por analisar a denúncia.

“Dra. Patrícia Mattos me disse que ficará responsável pela omissão da Câmara por ter me negado várias informações públicas, enquanto que Dra. Nazira Quixadá deve analisar a questão das irregularidades nas licitações”, detalha a vereadora.

De acordo com Mirela, a Câmara entregou ao Ministério Público alguns dos documentos exigidos por ela através de ofícios. “A promotoria me entregou esses documentos para eu analisar no prazo de 20 dias”.

Mirela ainda diz que aguarda o parecer da justiça de uma liminar que pediu em janeiro, através de uma Ação Cautelar, para ter acesso irrestrito aos documentos públicos que a Câmara negou-se a entregá-la.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM