Gilmar Santiago diz que prefeitura prioriza áreas nobres

Foto: Jeremias SilvaApós o prefeito ACM Neto declarar que o projeto de revitalização da orla de São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, é equivalente à realizada na Barra, o líder da bancada da oposição na Câmara de Salvador, vereador Gilmar Santiago (PT), afirmou na terça-feira (28) que “as intervenções de requalificação são distintas, a começar pelo investimento”.

Segundo o petista, o Executivo Municipal tem priorizado no projeto as áreas mais nobres da cidade, investindo R$ 57 milhões na requalificação da orla da Barra e R$ 3,5 milhões em São Tomé de Paripe. “Não é possível que as duas intervenções urbanas sejam semelhantes, pois o investimento em uma é dez vezes maior que o na outra. Está evidente que uma área da cidade está tendo privilégio”, declarou Santiago.

Além disso, o vereador afirmou que a área da orla de São Tomé de Paripe é maior que a da Barra e possui mais demandas de requalificação. “Há anos a prefeitura municipal não tem olhado para o Subúrbio, que possui uma beleza própria. O problema não é só o investimento, que é extremamente maior na Barra, mas também a relação entre a dimensão em quilômetros que será revitalizada e o do valor investimento em cada lugar”, completou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM