Bilionário compara perseguição de ricos a dos judeus

Steve Jennings/Getty ImagesO empresário bilionário de 82 anos, ícone do capitalismo americano, comparou a perseguição dos ricos nos Estados Unidos à perseguição dos judeus durante o nazismo alemão. Claro, seu comentário logo recebeu uma enxurrada de críticas. E também alguns elogios. A Bloomberg lamentou suas palavras, enquanto o Wall Street Journal tentou defendê-lo.

Tudo começou quando Perkins, fundador da famosa empresa de venture capital Kleiner Perkins Caufield & Byers, respondeu a um editorial publicado no Wall Street Journal. “Eu chamaria a atenção para o paralelo entre o nazi-fascismo e essa guerra contra os chamados ‘1%’”, escreveu em sua  carta enviada ao jornal.

“Do movimento Occupy à demonização dos ricos implícita em cada palavra do nosso jornal, o San Francisco Chronicle, eu percebo que há uma onda crescente de ódio ao sucesso dos ‘1%’”, completou. O Wall Street Journal saiu em defesa de Perkins. Disse que a comparação foi “infeliz”. Mas concordou que os super ricos são demonizados pela imprensa e pelos “liberais”.

Além disso, alfinetou a Bloomberg, sua rival, que tinha criticado a fala de Perkins. O colunista da Bloomberg, Jonathan Bernstein, escreveu que os ricos estão paranoicos ultimamente porque talvez saibam, no fundo, que é estranho que seus rendimentos cresçam justamente nos momentos de recessão e crise mundial.

Depois, em entrevista à própria Bloomberg, o bilionário pareceu ter um pouco de remorso por ter comparado a situação dos ricos americanos com a Kristallnacht e pediu desculpas pelo uso da palavra. Kristallnacht foi uma noite, em 1938, em que os nazistas, na Alemanha e na Áustria, demoliram milhares de propriedades de judeus, mataram milhares e levaram tantos outros para os campos de concentração. (Exame.com)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM